Quando investir em equipamentos para fazer cerveja em casa?

Quando investir em equipamentos para fazer cerveja em casa?

Degustar é uma arte. E, no caso da cerveja artesanal, trata-se de uma arte em contínuo desenvolvimento. Principalmente, quando decidimos nos tornarmos os verdadeiros artistas. Afinal de contas, após tantos rótulos provados – e com a conveniente popularização do mercado –, equipamentos inox para o home brew, por exemplo, ficaram mais acessíveis, bem como o conhecimento para investir na produção de cerveja em casa. Por isso, vamos ver neste post um pouquinho a respeito dessa decisão inicial em colocar o lado degustador em segundo plano para investir na produção de cerveja artesanal. Confira!

O momento é agora

Não há momento ruim ou errado para começar a fazer cerveja em casa. O que deve haver, entretanto, é planejamento, como em grande parte das grandes (e menores) decisões que tomamos. Enfim, além do investimento financeiro, você também está depositando o seu tempo, disciplina e disposição nessa empreitada, que deve ser feita com convicção para que seus equipamentos inox não fiquem jogados na garagem depois – o que duvidamos. Assim, com o interesse em criar os seus próprios rótulos de cerveja artesanal é importante debruçar as suas atenções na movimentação do mercado – que está em efervescência. No entanto, especialistas apontam que existem duas tendências em ebulição em produção de cerveja artesanal: uma mais tradicional e de raiz alemã e outra mais dinâmica e despojada com foco no recente mercado estadunidense. Você sabe qual seria o seu estilo?

Como prosseguir com a ideia de fazer cerveja em casa?

Inicialmente, especula-se que com aproximadamente R$ 500,00 você tem um mínimo, básico, para produzir a sua própria cerveja artesanal. O investimento seguinte, entretanto, consiste bastante em se especializar em conhecer o mercado e, claro, na produção de cerveja. Para os interessados em levar as suas receitas praticadas em um novo patamar, ou seja, o de comercialização, o investimento é mais salgado. Especialistas apontam que o investimento médio chega a R$ 10 mil, embora ainda não consiga suportar um fluxo comercial grande por conta da baixa capacidade produtiva que o investimento tem a oferecer.

O mercado brasileiro de microcerverjarias também se abre mais para o empreendedor
Em novembro de 2016, os cervejeiros artesanais tiveram uma ótima notícia: as microcervejarias foram incluídas no SIMPLES NACIONAL – uma modalidade que desburocratiza os trâmites para o empreendedor com uma taxação de impostos menor. Com isso, o Brasil tem tudo para expandir ainda mais o mercado – o que pode incluir você nesta jornada. Agora, mais convidativa também para empreender e não apenas produzir.
Invista mais em conhecimento em primeiro lugar
Esteja você interessado em fazer cerveja em casa por hobby ou com fins comerciais, futuramente, é importante que sua decisão venha acompanhada de muitas cervejas. Por isso, além dos equipamentos inox que vão fazer a diferença em sua capacidade produtiva, recomendamos que você deguste muitas cervejas e, principalmente, que se envolva mais com essa comunidade, troque experiências, identifique os desafios e oportunidades e estabeleça contatos. Assim, você terá em mãos tudo aquilo que precisa para fazer uma cerveja artesanal, além dos insumos e equipamentos: interesse e conhecimento. Por isso, quando investir em equipamentos para fazer cerveja em casa depende exclusivamente do seu interesse – e lembre-se de nos enviar alguns rótulos para degustarmos! Gostou do conteúdo de hoje? Ele foi útil para você? Gostaria de saber mais sobre o que existe de mais novo sobre equipamentos inox no mercado? Entre em contato conosco agora mesmo ou deixe o seu comentário abaixo.