Como abrir uma cervejaria sem passar por dificuldades

Como abrir uma cervejaria sem passar por dificuldades
Como abrir uma cervejaria sem passar por dificuldades

Abrir uma cervejaria tem se tornado um dos grandes desafios dos empreendedores ávidos por colocarem em prática as suas paixões e conhecimentos técnicos.

Afinal de contas, por trás dessa decisão comercial se escondem muitas etapas e processos burocráticos necessários para colocar a sua empresa no mapa e, consequentemente, no radar do seu público-alvo.

Não desanime, portanto, com esses desafios — que, muitas vezes, se disfarçam de obstáculos. Para ajudar você nesta jornada, ao longo deste post, nós vamos explorar toda a burocracia que envolve o processo de abrir uma cervejaria. Assim, você vai aprender facilmente como tirar as suas ideias do papel.

Boa leitura!

O desafio em abrir uma cervejaria

Você pode achar que abrir uma cervejaria é tão fácil quanto abrir uma garrafa de cerveja, mas a frustração acontece rapidamente ao tentar dar corpo e volume às suas ideias empreendedoras.

A começar pela lista de exigências que o  Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) - faz aos interessados. Algo que se complementa a partir da quantidade de licenças (estaduais e municipais) para colocar o seu empreendimento em funcionamento.

Sua empresa necessita, primeiramente, de um CNPJ e a respectiva autorização par usar o seu endereço cadastrado como ponto comercial;

Sobre as exigências do MAPA, para esclarecer com facilidade nós reunimos o que é solicitado, caso você pense em estender a sua produção de cerveja artesanal para o meio comercial. É necessário encaminhar para o órgão:

>> formulário de registro do estabelecimento (você pode encontrá-lo aqui, no site do MAPA);

>> CNPJ;

>> alvará da prefeitura;

>> um manual de boas práticas de fabricação de cerveja;

>> o memorial descritivo da infraestrutura de sua cervejaria;

>> laudo de análise (físico-química e microbiológica) do insumo de água a ser usado na sua produção;

>> anotação de responsabilidade técnica (tem que ser feita pelo profissional responsável).

Em seguida, um fiscal do MAPA vai visitar o local, antes que você possa abrir uma cervejaria, para averiguar as condições do seu futuro estabelecimento.

Outros detalhes da aplicação

É bom destacar, ainda, que ao abrir uma cervejaria você também deve informar ao órgão outros detalhes relativos à produção de cerveja, como:

>> envasilhamento;

>> padronização;

>> produção de suas cervejas.

>> mesmo em caso de terceirização — o que implica na necessidade que essas empresas já estejam registradas no MAPA.

Outro destaque: o registro de produto também deve ser feito. Lembrando que, embora menos burocrático, o processo demanda que um registro seja feito para cada estilo de cerveja produzido.

O equipamento ideal para abrir uma cervejaria

Passado o processo burocrático para abrir uma cervejaria, você tem o caminho livre para planejar outras etapas — essas, mais focadas nos seus produtos diferenciados.

Entra, aqui, o tipo de equipamento a ser utilizado para a produção de cerveja artesanal de acordo com a sua infraestrutura, demanda e capacidade de produção.

Para tanto, não precisa investir no escuro. Ao entrar em contato conosco, podemos atuar como verdadeiros consultores de sua marca, apontando o tipo de equipamento necessário para suprir a sua demanda.

Também vale apontar que, para abrir uma cervejaria, já existem consultorias especializadas que focam nesse auxílio burocrático — tanto para emitir quanto encaminhar ao MAPA os documentos solicitados.

Esse tipo de investimento proporciona mais conveniência e agilidade, no processo, e menos imprevistos para ver o seu negócio próprio decolar rapidamente até a rotina de produção.

Quer saber mais a respeito? Então, Entre em contato conosco e descubra quais são as soluções mais apropriadas para abrir a sua cervejaria!